Perguntas Frequentes | TGAR11 | TG Core Asset

Perguntas Frequentes

Como se trata de um fundo de investimento negociado na B3 (BM&FBovespa), as aquisições das cotas deste fundo de investimento imobiliário devem ser feitas por meio de uma corretora de valores autorizada a negociar na B3, logo é necessário que mantenha uma conta aberta em uma dessas. No sistema de home broker da corretora você pode obter o preço da cota digitando o código TGAR11, a exemplo do que ocorre no mercado de ações.
O processo de venda das cotas acontece da mesma forma que o processo de compra, sendo necessário acessar o home broker da corretora na qual está a custódia do ativo e emitir a ordem de venda pelo preço e quantidade desejados.

Os fundos imobiliários, nos termos da Instrução CVM 472, devem prestar obrigatoriamente informações através do Relatório Semestral, que deverá ser divulgado em até 60 dias contados do encerramento do período, e por meio de Relatório Anual, que deverá ser divulgado em até 90 dias contados do final do exercício social. Em complemento aos relatórios periódicos exigidos pela regulamentação, o fundo buscar divulgar informações adicionais por meio de diversos meios de comunicação, inclusão do maior grau possível de informações facultativas em seus relatórios e um canal facilitador direto da instituição com o investidor, através do RI. Sempre observamos que a divulgação de tais informações não prejudicam a estratégia do fundo, bem como a rentabilidade auferida.

Todas as informações podem ser encontradas em:
1. Site do Fundo
Endereço: http://www.tgar11.com.br
Principais áreas do site:
a) Governança Corporativa
b) Resultados
c) Documentos
Acesse: Governança Corporativa > Documentos
2. Site do Administrador  – Vórtx DTVM
Acesse: Investidor > Fundos de Investimento > FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO TG ATIVO REAL
3. Site da B3
Endereço: http://www.bmfbovespa.com.br
Acesse: Listagem > Fundos Imobiliários > FII TG Ativo Real > Comunicados e Outros Documentos
4. Site da CVM
Endereço: http://cvm.gov.br/
Acesse: Fundos > Consulta a Informações de Fundos > Fundos de Investimento Registrados > Consulta Consolidada de Fundo (Nome ou CNPJ do Fundo / Escolha o Tipo de Fundo: FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO).

O informe de rendimentos relativo ao ano-calendário é enviado para o endereço físico dos cotistas até o último dia útil do mês de fevereiro do ano-calendário subsequente, e fornecido em uma única via. O endereço usado pelo escriturador do fundo para envio das correspondências é o endereço cadastrado na B3 pelo agente de custódia (corretora/banco) de cada cotista. A instituição utilizada pelo cotista é responsável pela atualização dos dados cadastrais na B3. Ou seja, qualquer alteração ou correção de endereço deve ser solicitada pelo cotista à instituição financeira onde tem conta (corretora ou banco). O informe de rendimentos poderá ser disponibilizado via Internet ou por meio de outros meios eletrônicos pelas instituições que tenham esta ferramenta, nos termos da Instrução Normativa SRF nº 69.
A instituição financeira responsável pela escrituração do fundo de investimento pode enviar segunda via aos cotistas que não receberam em seus endereços informados na B3. A solicitação pode ser feita por e-mail ao administrador do fundo, desde que o cotista informe o i – nome completo, ii – CPF, iii – o nome do fundo de investimento e iv – o endereço onde deveria ter recebido, para que seja possível checar se o endereço informado pela B3 é o mesmo. O administrador do fundo de investimento não está autorizado a enviar a segunda via do informe de rendimentos diretamente. O informe de rendimentos também poderá ser enviado para outro destinatário ou endereço diverso do cadastrado na B3, contanto que haja uma procuração enviada pela empresa gestora do cadastro do cotista com a assinatura do cotista com a firma reconhecida.

É de responsabilidade da corretora que intermediou a aquisição das cotas do fundo fornecer aos cotistas extratos de posição/movimentação neste ativo.
Já o informe de rendimentos é de responsabilidade do administrador do fundo, neste caso a Vórtx DTVM, caso o cotista não tenha recebido o Informe de Rendimentos ou o Extrato Semestral de Fundos Imobiliários, deverá nos contatar pelo e-mail ri@tgcore.com.br e solicitar a segunda via do documento ou instruções parta a obtenção desse.

Os dados cadastrais utilizados pelo administrador/gestor para envio de correspondência aos cotistas é informado pela bolsa de valores (B3) ao escriturador do fundo. Tais dados são informados à B3 pela a instituição financeira que intermedia as aquisições das cotas de fundos pelo cotistas.
Dessa forma, qualquer alteração ou correção de dados cadastrais deve ser solicitada pelo cotista à instituição financeira que intermedia as aquisições das cotas do fundo pelo cotistas.

O valor patrimonial é o valor obtido a partir da divisão do valor do patrimônio líquido do fundo pelo número total de cotas. Já o valor de cotação é o valor determinado pelo mercado, sem qualquer interferência do administrador ou do gestor. O valor de mercado da cota, por ser livremente determinado pelas circunstâncias do mercado, não possui relação direta com o valor patrimonial das cotas. Na primeira emissão de cotas de um fundo, normalmente há desconto das despesas iniciais de constituição do fundo logo no início, isso faz com que o valor patrimonial da cota seja menor que o valor de emissão da cota, mas, ao longo da vida do fundo, com a valorização dos ativos, a cota tende a valorizar-se e atingir um equilíbrio.
Os rendimentos do fundo (já descontados das despesas ordinárias do Fundo) serão distribuídas mensalmente, até o 10º (décimo) dia útil de cada mês aos cotistas que estiverem registrados como tal no fechamento do último dia útil do mês imediatamente anterior ao do respectivo pagamento. Os rendimentos são depositados automaticamente na conta de cada cotista nesta data.
As cotas são negociadas líquida dos rendimentos do mês anterior(ex-rendimentos) a partir do primeiro dia útil de cada mês (inclusive), isto é, o investidor que adquirir a cota a partir dessa data não fará jus ao rendimento referente ao mês anterior.
Cada empreendimento investido visa a geração de renda mensal para o fundo via venda de lotes residenciais ou comerciais financiados ou à vista, em geral, para membros das classes C e D (a depender do empreendimento). A viabilidade econômica é analisada em profundidade previamente a concretização do investimento, garantindo a obtenção de lucro em diferentes cenários, considerando fatores como distribuição de renda, demanda potencial, concorrentes locais, riscos gerais, entre outros.

Ficou com alguma dúvida?

Deixe uma mensagem e responderemos em breve
Rolar para cima